Helena Santos - Colunista

Helena Maria Magalhães Cardoso dos Santos, 49 anos, nasci em Angola de onde vim para Portugal com 10 anos, aquando do 25 de Abril de 1974. Sou casada e tenho um filho. Tenho o 12º. Sou Casapiana. Estudei na casa Pia de Lisboa – Secção de Santa Clara. Nunca fui uma aluna brilhante, mas sempre fui das melhores na disciplina de Português e Educação Física. Sempre gostei de ler, sempre devorei livros, até à morte do meu pai, altura em que deixei de fazer muita coisa e nunca mais fui a mesma. Continuo a ler, mas não com a mesma intensidade. O meu primeiro contacto directo com a poesia foi em 2011, com o convite para administradora de um grupo de poesia, que acabou por ser uma experiência enriquecedora. Só comecei a escrever em Fevereiro de 2013. Isso para dizer que se a escrita nasceu comigo, estava disfarçada porque até meses atrás, não tinha dado por ela. Dos 12 aos 28 anos, estive mais ligada na prática e em fomentar o desporto, mais propriamente o Ténis de Mesa.

 

Perfil no Facebook

https://www.facebook.com/helena.santos.714

 

 

Blog

http://jardimsorrisosdepoesia.blogspot.pt/

 

Grupo no Facebook “Pincelando, Fotografando, Poetando”

 https://www.facebook.com/groups/pincelando.fotografando.poetando/

Grupo Sorrisos Nossos

https://www.facebook.com/groups/sorrisosnossos/

 

 

 

Helena Santos - Colunista

HOJE   O dia hoje sorriu para mim E pensei: Por que não retribuir? Eu até sou recheada de sorrisos E apesar da chuva ele está tão bonito Ou será dos meus olhos? Do meu coração? Que importa? Virei-me para ele e exibi o meu melhor sorriso De repente enviou um beijo Beijo? Será dos meus olhos? Ou...
LIVRO AMIGO   És amigo verdadeiro Estamos juntos para festejar Mas as lágrimas Também são para partilhar Quantas vezes me sinto encurralada E como que num passo de mágica Tudo transformas Em leves folhas encantadas Que flutuam ao sabor do vento Porque para ti a vida É feita de doces...
MOLHA-ME É só olhares e me derreto Se me tocas então, eu desfaleço Mas eu quero, quero que me deixes sem jeito Que me agarres com os teus olhos, que me vejas com as tuas mãos e que me molhes Sim, preciso que me molhes com o que tiveres de mais precioso, para apagares este fogo que começa na minha...
DESALINHO Adoro cabelos no ar, despenteados, desgrenhados, soltos, livres, desafiando o vento Assim devia ser a vida, em cada momento Adoro gargalhar, rir, sorrir, me escangalhar enfim, deixar a alegria sair porque um dia ela vai acabar Adoro janelas escancaradas, portas sem trancas, sentir o ar...
<< 1 | 2 | 3 | 4

Newsletter

Assine a nossa newsletter:

Divulga Escritor: Revista Literária da Lusofonia

Para participar escreva email para:

smccomunicacao@hotmail.com

 

 

 

 

https://picasion.com/
 
 
 
 
Clique Aqui para Acesso gratuito a todas as Edições publicadas.
 
 
Livros em Destaque!

Para adquirir o seu exemplar Clique na imagem do livro

Brasil

 

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

         

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor

 
   
 

  

  
 

Contato

Divulgando Escritores! smccomunicacao@hotmail.com