Palmira Heine - colunista

Palmira Heine é doutora em Linguística pela Universidade Federal da Bahia,  é atualmente professora de Linguística atuando em Universidades. Poetisa desde tenra idade, já teve  diversos poemas publicados em diversas antologias. É autora do livro Poemas de Alforria em que publicou seus inúmeros poemas. É também autora de livros infantis.Publicou, juntamente com Katia Rocha do livro infantil Meu Planeta Azul que falava da necessidade de preservação da Natureza, e  é única autora do livro O pontinho desapontado, onde, brincando com a história de um ponto final que queria se transformar em vírgula, fala da importância de cada um no mundo. Escreveu também um livro infantil intitulado O reino todo amarelo que busca mostrar a importância do respeito à diversidade e às diferenças. Autora do livro O autor é você, publicado pelo Selo Editorial Pingo de letra, Editora Scortecci, destinado também ao público infantil.

 

Site da autora

 

Imagem de apresentação da escritora

 

 

 

Palmira Heine - colunista

Para as crianças da guerra   São apenas crianças mas têm feições tristes No meio da guerra, só o medo existe Roubaram a infância e o sonho infantil Entre bombas e armas, ao som do fuzil Senhores, Senhoras, por que se calaram? No meio da guerra, crianças deixaram? O silêncio cortante de quem...
Ode ao homem normal   Nada mais natural que ser um homem normal: que canta a mesma música em um só coral que veste o mesmo tipo de calça social que tem o mesmo jeito e o mesmo ideal que é feliz apenas por ser homem normal.   Nada mais natural que ser um homem normal: Que segue a mesma...
Tecnohomem   Corpo descartável Mente descartável Roupa descartável Verso descartável Sonho descartável Alma descartável Vida? Inviável Homem descartável.        
Saudade   Saudade é vazio no peito saudade é um verso em vão é a dor que não passa direito é dormir com a vã solidão.   Saudade é querer te rever Dizer outra vez que te amo Saudade é não te esquecer Me perder no meu pranto insano   Saudade, somente saudade Maltrata o meu coração A...
Poema de alforria   O poema é liberdade Dá asas ao coração Liberta a alma pequena Da cela da escravidão Por isso, a poesia É como carta de amor Talvez carta de alforria Que nos liberta da dor.   O poema é igual al semente Que rosa ainda será Entra por dentro da gente Com versos para...
Em meu peito   Tenho em meu peito saudade, Tenho alegria sem fim Tenho jardins de mil flores E dores que moram em mim Tenho sorrisos e sonhos E versos que quero cantar Tenho desejos tamanhos E poemas a me povoar Tenho estradas, caminhos Sementes para plantar E no peito, utopias Poemas para...
  Para ler outros poemas, clique no link:  http://contando-um-conto.webnode.pt/        
Trecho do livro Amendoim a tartaruguinha encantada. (Palmira Heine)   Após sair da água em mais um passeio matinal a tartaruguinha viu algo que a deixou muito triste; a sujeira se espalhava pela areia. Plásticos, pedaços de papel, embalagens, palitos de picolé, sacolas e outras coisas poluíam...
A importância dos contos de fada para o imaginário infantil               Os contos de fada surgiram  a partir de histórias populares contadas oralmente na Europa e em outras partes do mundo, na Antiguidade.  Tais histórias,...
  Para ler outros poemas da autora, clique no link: http://contando-um-conto.webnode.pt/      
Para ler outros poemas da autora, clique no link:  http://contando-um-conto.webnode.pt/        
Trecho do livro "O reino todo amarelo" (Palmira Heine)   Era uma vez um lugarzinho  chamado reino das Flores. Era  um reino muito bonito, tinha casinhas pequeninas e um jardim bem colorido.O povo desse reino era simples, mas feliz. As crianças se juntavam todos os dias para brincar...
Trecho do livro O pontinho desapontado (Palmira Heine)   Era uma vez um ponto final. Ele era da mesma família da vírgula, da interrogação e das reticências. Porém, se sentia muito triste. Sentia-se culpado por ter que finalizar as coisas, por determinar um final para frases, parágrafos, livros...
Trecho do livro o Autor é você  (Palmira Heine)   Olá pessoal Eu sou o lápis encantado Venho aqui apresentar Um livro bem maluquinho Que não tem história pronta Que um autor conta sozinho Aqui é você que escreve O que quiser escrever Pois nesse livro maluquinho O autor também é você. Aqui...
<< 1 | 2

Contato

Divulgando Escritores! smccomunicacao@hotmail.com